Postagens

Mostrando postagens de Junho 16, 2011

Santarém: Conferência discute políticas públicas para mulheres.

Os municípios de Alenquer, Almerim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha e Terra Santa se reúnem neste sábado (18), no auditório da Universidade do Estado do Pará (Uepa/Santarém) para discutir sobre políticas públicas voltadas à mulher paraense. A atividade inicia às 8h e tem término previsto para às 18h.
Com o tema “Políticas Públicas no Estado do Pará: com todas as mulheres, por todos os seus direitos!” a Conferência Regional Baixo Amazonas é promovida pela Coordenadoria Estadual de Promoção dos Direitos da Mulher (CPDM), da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), junto ao Conselho Estadual de Políticas para as Mulheres, e à Comissão organizadora da IV conferência Estadual de Políticas para as mulheres.

Frente Tapajós Livre

Imagem
Começou muito mal a mobilização da imprensa santarena pelo Movimento de Criação do Estado do Tapajós, vários meios de comunicação não se fizeram presente e muitos não foram convocados. A representação foi mínima e isso deve ser melhor elaborado, para atingir um maior número de pessoas da imprensa.
Em Itaituba foi criada a União da Imprensa Pelo Tapajós — UNITA, tendo à frente o jornalista Jota Parente, e que tem por objetivo trabalhar pela divulgação do sim pela criação do Estado do Tapajós.
Aqui em Santarém a imprensa fica refém e vem a reboque dos outros. Está na hora de nós da imprensa criarmos nosso próprio movimento e sermos protagonistas desse momento histórico da nossa região.
Essa tática de transformar a criação do Estado do Tapajós em apenas um tom, um único discurso é um grande equívoco. É preciso diversificar, ampliar e criar novas frentes de apoio ao novo estado.
O Estado do Tapajós não deve ter uma cara, uma sigla e um dono. O Estado do Tapajós deve nascer livre, assim como é…

Pela criação do Tapajós!!!!

Imagem
O Pará é concentrado em Belém e na área metropolitana....

Não há como administrar um estado do tamanho do Pará..

A criação do Tapajós e Carajás não é bom só para região, e bom para o Brasil, pois permite um equilíbrio federativo...

Quanto menor melhor...

Experiências de divisão de Estados (Mato Grosso,Goiás)) mostraram que eles desenvolveram mais...

Santarém bem estruturada..é uma cidade centenária....

vamos discutir de maneira serena...não tenho interesse politico nenhum... sou de Roraima tenho interesse em desenvolver a Amazônia....

Senador Morazildo Calvalcante –PTB de Roraima - Ontem em debate na GloboNewns

Pará: Governo do Estado leva mutirão de cidadania a Santarém.

O município de Santarém comemora na próxima quarta-feira (22), 350 anos de fundação. Para melhor assistir aos 295 mil habitantes da cidade, localizada no oeste paraense, o Governo do Estado prepara uma programação especial. Durante três dias (de 20 a 22 de junho), o município será sede do atual governo. Diante de tantos eventos comemorativos, a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), realiza neste sábado (18) e domingo (19), no ginásio da Universidade do Estado do Pará (Uep/Santarém), um mutirão de cidadania na cidade aniversariante.

Brasil terá "Wikipédia" botânica da biodversidade da Amazônia.

O Brasil terá a partir do ano que vem uma "Wikipédia" de sua biodiversidade. Batizado Wikiflora.org, o portal vai reunir descrições e mapeamento de espécies de plantas da Amazônia, feitas por internautas e validadas por um comitê de especialistas.
O site será desenvolvido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia em parceria com a IBM, a partir de uma constatação sombria: há poucos sistematas (especialistas em classificação de seres vivos) ativos na Amazônia.
"Se não criarmos uma metodologia nova, nem em cem anos será possível conhecer toda a Amazônia", disse o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante.
O objetivo é envolver não especialistas "como estudantes do ensino médio" na classificação biológica.
Os internautas poderão comparar plantas que eles conhecem com uma base de coleções biológicas já existentes. Isso permitirá até a descrição de novas espécies.
Uma versão do site deve ficar pronta para a conferência Rio +20, em 2012, com a descrição de …

SEDUC reafirma: implantação do PCCR até outubro

Em nova reunião realizada na manhã desta quarta-feira (15) com uma comissão do Sindicato dos Profissionais em Educação Pública do Pará (Sintepp), o secretário de Estado de Educação, Nilson Pinto, reafirmou a implantação, até o mês de outubro deste ano, do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), criado pela Lei n° 7.442/2010. O secretário também garantiu que não há orientação para inviabilizar eleições para as direções das escolas da rede estadual, mas destacou o cumprimento da meta 19 do Plano Nacional de Educação (PNE), a qual estabelece a nomeação de diretores por meio de lei específica estadual.