Postagens

Mostrando postagens de Maio 14, 2013

PARFOR 2013: Resultado do processo seletivo

UFOPA
A Coordenação Geral Institucional do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR) da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) comunica a publicação do resultado do processo seletivo do PARFOR 2013.
Confira AQUI

Presos de Cucurunã fazem greve de fome

Imagem
Os presos do Centro de Recuperação Silvio Hall de Moura e do setor de triagem da Polícia Civil iniciaram uma greve de fome nesta segunda-feira (13), em Santarém, oeste do Pará. Eles não aceitam a alimentação como forma de protesto, reivindicando mais celeridade em seus procedimentos judiciais.
O diretor da casa penal disse que recebeu a informação de que os detentos do presídio estavam sem querer comer desde ontem (13) pela manhã, por causa de questões relacionadas com o poder judiciário.
A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) informa que os internos do Centro de Recuperação Silvio Hall de Moura se recusam, desde a manhã de ontem (13), a sair das celas para o banho de sol e também a receber as refeições.
Mais detalhes AQUI

Greve de ônibus: Juiz determina que empresas mantenham 30% da frota

O juiz Everaldo Pantoja e Silva, titular da 8ª Vara Cível do Fórum da Comarca de Santarém, deferiu liminar, determinando que as empresas de ônibus cumpram a obrigação legal de manter pelo menos 30% do serviço, cumprindo o itinerário e horário de circulação, inclusive o noturno. O juiz também arbitrou multa diária de R$ 10.000,00 (Dez Mil Reais) por empresa que descumprir a decisão.
A SMT, diante da liminar expedida, está notificando todas as empresas permissionárias, estabelecendo a quantidade de veículos por linha, a ser mantida em circulação. (PMS)

Usuários prejudicados

Imagem
[caption id="attachment_20685" align="aligncenter" width="333"] Foto: NoTapajós[/caption]
Centenas de usuários tiveram dificuldades para chegar ao trabalho, faculdade, escolas públicas e privadas, entre outras atividades, por conta da paralisação parcial das empresas de transporte coletivo urbano, em Santarém. Muitas reclamações de usuários foram observadas por causa da superlotação e da demora dos ônibus, nas paradas.
Mesmo com a prefeitura municipal tendo autorizado táxi-lotação e vans a fazer o transporte de passageiros e anunciar que teria negociado com os empresários que mantivessem 30% da frota circulando, houve muita reclamação pela falta de veículos alternativos na cidade. (DOL)