Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 5, 2011

Vice governador é criticado na Câmara

Imagem
[caption id="attachment_10206" align="alignleft" width="136" caption="Helenilson Pontes"][/caption]
Vereadores santarenos, na sessão desta segunda-feira, 05/12/2011, foram enfáticos em criticar o vice governador do Estado do Pará, Helenilson Pontes, que sendo natural de Santarém, está calado com relação à campanha do Sim Tapajós/Carajás 77. Em meio aos pronunciamentos, o vereador Nélio Aguiar (PMN), assegurou que “Helenilson está negando ao seu povo e sua história”.
Com relação à Zenaldo Coutinho, que faz campanha contra a criação dos dois novos estados, Nélio Aguiar garante que por muitos anos no Congresso Nacional, ele colocou os pés em cima do projeto de criação do Estado do Tapajós. Nélio Aguiar cita, que vai completar um ano do governo Jatene e ele não consegue fazer uma ponte no planalto santareno.
O vereador Emir Aguiar (PR), entende que o fato de Helenilson Pontes não estar apoiando a campanha do Sim, perde a grande oportunidade de se firma…

Palmada educa?

Imagem
[caption id="attachment_10203" align="alignleft" width="160" caption="Palmadas"][/caption]
O Congresso Nacional deve votar nesta semana o projeto de lei que proíbe todo tipo castigo físico, ameaças e humilhações contra crianças e adolescentes. Quem desrespeitar poderá ser processado na Justiça e encaminhado para tratamento psicológico.
Alguns pais são contrários a essa lei pois acreditam que uma palmada, quando necessária, pode educar sim.
O blog quer saber, você é a favor dessa lei? (Comente)

Educação fiscal no currículo escolar

A Comissão de Educação e Cultura vai realizar audiência pública terça-feira para ouvir economistas, tributaristas, advogados e pedagogos sobre a inclusão da educação fiscalcomo disciplina autônoma e transversal nos currículos do ensino fundamental e médio.
Ensinar os aspectos básicos do uso e controle do dinheiro é fundamental para que crianças e jovens construam uma visão mais realista do mundo, sejam mais solidários e possam crescer com autonomia, liberdade de escolha e equilíbrio–, afirma Fátima Bezerra. deputada que propòs o debate sobre o tema.
Informações: Correio do Brasil

Calote do SIM

Imagem
Quarto Poder


[caption id="attachment_10193" align="alignleft" width="105" caption="César Brasil"][/caption]
O cantor e compositor César Brasil, autor de sete músicas que estão sendo usadas na campanha da Frente Pró-Tapajós, ainda não recebeu pelas composições feitas sob encomenda. Desde o mês de agosto que o compositor corre atrás dos membros do comitê tentando receber pelas canções, porém, ele ainda não viu a cor do dinheiro.
César afirma que já procurou pelas pessoas responsáveis pela Frente Pró-Tapajós, no entanto, ninguém assume a responsabilidade pelo pagamento. Ele até aceitou baixar o valor da dívida, mesmo assim, não consegue receber pelo trabalho.

“Eu fui convidado para fazer as canções e as fiz com todo prazer, porém, tive que arcar com os custos das gravações e preciso quitar esses débitos. Quero apenas receber pelo que me foi solicitado”, afirma.
Ele diz ainda que até foi procurado pelo pessoal do ‘Não’ para gravar uma participação relata…

Governador terá direito de resposta

O governador do Pará, Simão Jatene, terá direito a dez minutos no programa de TV da Frente Pró-Carajás e a 20 minutos no horário de rádio da Frente Pró-Tapajós. O direito de resposta foi concedido por meio de liminar do juiz Marco Antônio Lobo Castelo Branco, durante o plantão do final de semana do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
Advogado da Frente Pró-Tapajós, Sábato Rossetti diz que estranhou o fato de o direito de resposta ter sido concedido em decisão liminar. “Nunca antes na história do TRE se viu algo assim”.
Castelo Branco ressaltou que como governador do Estado do Pará e homem público, Jatene está sujeito “mais do que ninguém às críticas que a sua atuação ou omissão possam causar”. Entretanto, diz o juiz, no caso concreto “a crítica não se ateve a valoração dos fatos, mas à criação de fatos que não guardam congruência com a realidade”
Inf. DOL