Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 24, 2011

Juiz diz que greve dos professores é ilegal

Farol.
Os profesores municipais em assembleia decidiram paralisar suas atividades laborais como forma de garantir reajuste em seus salários em virtude das negociações com o governo municipal terem sido infrutíferas, não dando outra opção a categoria a não ser a greve, como afirmaram os professores integrantes da comissão de negociação para a assembleia do dia 17/02.
A Prefeitura de Santarém recorreu ao poder judiciário e hoje o Juiz Waltencir Alves Gonçalves, da 8ª vara cível - Santarém, considou a greve ilegal, devendo os professores retornarem as suas atividades de imediato, sob pena de multa de R$ 10.000,00 (Dez mil reais) e descontos em seus contracheques.

OAB:Lista dos aprovados no exame em Santarém - 1ª fase.

Adriano Ferreira Andrade
Agnaldo Giovanni Gomes Marinho
Aline Figueiredo De Albuquerque
Alvaro De Oliveira Duarte
Amilton Farias Santos
Ana Clara Magno Barroso
Darte Dos Santos Vasques
Érica Luana Moreira Braga
Francisca Ester Cavalcante De Moura
Glaython Barreto De Menezes
Jackson Sousa Lima
Janete Oliveira Gonçalves
Janilson Oliveira Ribeiro
Jassil Paranatinga Filho
João Paulo Sousa Dos Santos
José Kleidson De Castro
Josiane Carvalho Florenzano
Katia Janice Busnello
Keila Sousa De Jesus
Laudelino Horácio Da Silva Filho
Laysa Rafaela Anaissi De Oliveira Silva
Lia Adriane De Sá Gonçalves
Luciana Medeiros Bento
Marcos André Dos Santos Machado
Maria Solimar Da Silva Abreu
Marinês Cattani Monte
Marli Couto De Camargo
Paulo Ricardo De Andrade Aguiar
Rafaela Assis Lima
Romero Carrilho Felix Junior
Tatianna Cunha Da Cunha
Thammy Evelin Da Silva Matias
Vicente David Junior
Victor Luis De Aguiar Sousa
Williams Ferreira Dos Anjos
Farol do Tapajós

Piso salarial de professores sobe para R$ 1.187,97

O ministro da Educação, Fernando Haddad, anuncia nessa quarta-feira o novo valor do piso salarial dos professores da rede pública de todo o País, que passará a ser de R$ 1.187,97. O valor representa alta de 15,84% sobre os R$ 1.024,67 adotados em 2010. O piso é para os professores que têm nível médio e cumprem a carga horária de 40 horas. Para quem cumpre 20 horas de trabalho, o piso será de R$ 593,98.
O governo anuncia também o abrandamento das regras para a liberação de recursos federais para as cidades que têm encontrado dificuldades para pagar o piso salarial. Pelo critério atual, o Estado ou município para receber o recurso adicional quando não conseguir chegar ao piso mínimo, tem de estar destinando 30% do seu orçamento para educação e não os 25% exigidos pela Constituição, que será o novo porcentual exigido.
O MEC vai flexibilizar também a regra que determinava que, para repassar a verba, o município precisava estar atendendo a 30% dos alunos na área rural. Essa regra deverá ser …

Círio de São Francisco é patrimônio cultural imaterial do Pará

A Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) aprovou, dia 09/02, o projeto de lei de autoria da deputada Josefina Carmo (PMDB) que propõe o reconhecimento do Círio de São Francisco de Assis, padroeiro de Monte Alegre, no Oeste do Pará, como parte do patrimônio cultural imaterial do Pará.
O projeto foi aprovado com o voto de todos os deputados presentes à sessão, e ainda recebeu elogios diretos dos deputados Edilson Moura (PT) e Edmilson Rodrigues (Psol). 
Na próxima semana, vai à sanção do governador Simão Jatene.

Salário mínimo é aprovado sem emendas no Senado e segue para sanção presidencial

O Senado rejeitou todas as emendas que foram propostas para alterar o projeto de lei que trata da política permanente de reajuste do salário mínimo. Das 11 emendas apresentadas hoje (23), oito foram rejeitadas em votação simbólica, votadas em bloco. As outras três emendas que foram destacadas para serem votadas nominalmente também foram rejeitadas pela maioria governista na Casa.
A emenda do Democratas que propôs um mínimo de R$ 560, teve 54 votos contrários e 19 a favor. Já a do líder do PSDB, senador Álvaro Dias, que tentou elevar o salário para R$ 600, foi rejeitada por 55 votos dos 81 senadores.
Álvaro Dias e a senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO) também apresentaram outra emenda para tentar suprimir o artigo da nova lei que permite à presidenta Dilma Rousseff determinar o valor anual do salário mínimo por decreto, desde que seguindo as diretrizes estabelecidas em lei. Esta emenda teve 20 votos favoráveis e 54 contrários.
Entre as emendas rejeitadas em bloco, está a do P-SOL,…

Manchetes dos principais jornais do Brasil.

Diário do Pará: Falta de leitos causa duas mortes.

O Liberal: Senado aprova integralmente projeto que fixa salário mínio em R$:545

O Estado de São Paulo: Oposição avança e Kadafi promete morrer como mártir

Folha de São Paulo: Ditador líbio diz que só sai morto

O Globo: Ainda mais isolado, Kadafi diz que só deixa o poder morto.

Correio Braziliense: Kadafi resiste e ONU faz apelo.