Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 28, 2012

Copa e Jogos Olímpicos: Brasil terá deficiência na rede hoteleira

Um estudo do IBGE encomendado pelo Ministério do Turismo chegou a conclusão de que o Brasil terá um défict na rede hoteleira para atender a demanda durante Copa e Jogos Olímpicos que serão realizados no País. Segundo os estudos todas as 27 capitais brasileiras têm condições de hospedar, juntas, 373.673 pessoas. Nas 12 cidades que receberão jogos da Copa do Mundo – Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo – o total cai para 278.138. O número é preocupante porque apenas a quantidade de turistas estrangeiros esperada para o mundial de 2014 fica entre 500 e 600 mil. Além disso, haverá milhares de turistas brasileiros circulando pelo país para acompanhar as partidas da Copa do Mundo.
Outro problema é a concentração dos leitos. Sozinha, São Paulo tem quase um quinto de todos os leitos brasileiros (19,7%). Ao lado do Rio de Janeiro, a segunda colocada no ranking, as duas cidades têm, juntas, 32% de todos o…

"Forasteiros"

De cada dez parlamentares brasileiros, três não nasceram no estado pelo qual foram eleitos e representam.
Dos 677 parlamentares que passaram pelo Parlamento ano passado, 198 (29%) foram importados de outras unidades federativas
O Centro-Oeste e o Norte, são as únicas regiões em que o número de parlamentares advindos de outros estados (61% e 51%, respectivamente) supera o de nativos. Em Rondônia, esse índice chega a incríveis 100%. Isso mesmo. Nenhum dos representantes rondonienses nasceu no ex-território
O Nordeste e o Sul, são as regiões do país com menor “invasão” de parlamentares de outros estados (18%). O Rio Grande do Sul é a unidade federativa com menor número de representantes “importados”.
Os dados são do site Congresso em Foco

Clean:"Qualidade do serviço prestado deixa a desejar", diz vereador

Imagem
A empresa contratada pelo governo Municipal para coleta de lixo da cidade foi criticada pelo Vereador Valdir Matias Junior na Câmara Legislativa de Santarém na sessão de hoje (28). Segundo o vereador a qualidade do serviço prestado pela empresa, está deixando a desejar, “a coleta é irregular, caminhões velhos, constantes mudanças de itinerário na coleta do lixo, atraso, containeires vencidos e maus conservados, sem tampas, colocados em lugares estratégicos da cidade, transbordam de lixo não coletado, a população também começa a jogar lixo e entulho e o lixão vai ficando”. Afirma.
O parlamentar lembra que há um contrato com a prefeitura de Santarém e que não está sendo cumprido com qualidade, apesar de a gestão municipal ter honrado os pagamentos.
O vereador disse que vai continuar cobrando e exigindo a qualidade do serviço “e quem sabe até o rompimento do contrato, caso não melhore a coleta e destinação do lixo de nossa cidade”. Adverte.
Ascom/CMS

Rivelino é nome cotado para assumir a pasta da educação no município

Imagem
[caption id="attachment_12252" align="alignleft" width="143" caption="Rivelino Lacerda"][/caption]
O professor Rivelino Lacerda é um dos nomes cotados para assumir a pasta da educação no Município de Santarém no lugar da professora Lucineide Pinheiro que deixará o comando da secretaria no final de abril para concorrer no pleito de 2012 a uma vaga no legislativo santareno. Rivelino, que atualmente pode ser considerado o “braço direito” da secretária, já esteve a frente da presidência do SINPROSAN, portanto, do “outro lado” lutando pelos interesses da classe dos professores. Além de acumular uma vasta experiência como professor e gestor de escolas o professor coordenou também  o Programa Mais Educação no Município.

Prorrogado recadastramento do Bolsa Família

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) prorrogou até o dia 29 de março o prazo para a atualização cadastral do Programa Bolsa Família - PBF, que terminaria na próxima quarta-feira (29).
Segundo a titular da secretaria municipal de Trabalho e Assistência Social de Santarém, Ana Elvira Alho, a prorrogação foi necessária devido à adoção de novo sistema de senhas, que deixou o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal indisponível por duas semanas em fevereiro, prejudicando o trabalho de atualização nos municípios.
Sobre as pessoas que já fizeram a sua atualização cadastral do PBF, Ana Elvira informa que elas já poderão sacar o pagamento em março. “O pagamento do mês sai com os de janeiro e fevereiro, que estavam bloqueados. Quem ainda não havia feito a revisão ganhou mais 30 dias para fazê-lo, o que significa que não haverá cancelamento por falta de revisão cadastral até o fim do novo prazo. Quando o recurso é bloqueado, fica na conta e não pode ser sa…