Postagens

Mostrando postagens de Junho 29, 2011

Aprovada PEC que acaba com coligações nas eleições proporcionais.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje (29) a proposta de emenda à Constituição (PEC) que acaba com as coligações partidárias nas eleições proporcionais. O relator da proposta, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), apresentou parecer pela aprovação da matéria, que foi proposta pela Comissão da Reforma Política da Casa.
De acordo com o texto, serão admitidas coligações apenas nas eleições majoritárias, ou seja, na disputas para os cargos de Presidente da República, governador, prefeito e senador. Aprovada na CCJ por 14 votos favoráveis e 6 contrários, a PEC segue, agora, para o plenário.
Informações ABr

Filho de ex-prefeito de Santarém é contra a criação do Tapajós.

Imagem
Filho do Ex-prefeito de Santarém, Ronaldo Campos.
Por: Juscelino Kubitschek
Sou de Santarém, nascido no ano de 1975, na antiga casa de saúde localizada em frente à cidade onde hoje é um terreno baldio. Sósai quando meu pai foi  eleito deputado estadual por oito anos e fui morar em Belém.
Depois, eleito deputado federal por dois anos, fui morar em Brasília. Fora isso nunca quis sair daqui. Tive varias oportunidades de estudar fora mas nunca fui, pois sou apaixonado por essa cidade maravilhosa cheia de praias lindas e de um povo maravilhoso. Quero declarar que no momento atual sou contra a criação do Estado do Tapajós, porque acho que não estamos preparados politicamente. Não temos pessoas honestas com capacidade para administrar corretamente uma capital. Imaginem se Santarém virar uma capital quem seria nosso governador?, Quem serão nossos senadores, nossos deputados federais, nossos deputados estaduais? Seriam estes políticos que ai estão com denúncias de corrupção e enriquecimento ilíci…

Câmara de Santarém aprova LDO.

A Câmara de Santarém aprovou na sessão desta quarta-feira, 29/06/2011, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), para 2012, composta de 62 artigos, com emenda ao artigo 9º parágrafo 2º, de autoria do vereador Valdir Matias Júnior (PV), “fazendo constar que a correção dos recursos da Lei Orçamentária Anual, que deve ter com base no parâmetro de agosto de 2011, caso ela precise ser corrigida para a Lei Orçamentária de 2012, possa ser observado o índice oficial de inflação do país: Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), que o governo utiliza como meta da inflação, por parte da política do Banco Central”. Leia mais

Estado do Tapajós: Entidades fazem primeira reunião para discutir divisão

Instituições responsáveis pelos estudos sobre a viabilibade social, ambiental e econômica da criação dos Estados de Carajás e Tapajós marcaram para a próxima sexta-feira, às 10h, sua primeira reunião técnica, com as presenças de Adelina Braglia, presidente do Institudo de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Estado do Pará (Idesp); Carlos Maneschy, reitor da Universidade Federal do Pará (UFPA), e Francisco de Assis Costa, titular da Diretoria de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA). Eles vão discutir a metodologia que será construída para o estudo, os prazos para a conclusão da análise e as atribuições de cada órgão envolvido no trabalho. "É uma conversa mais operacional", explica Adelina.
Coordenador dos estudos sobre a divisão, o Idesp havia realizado, no dia 20 deste mês, uma reunião com três especialistas no tema: os professores Gilberto Rocha, Roberto Correa e Carlos Augusto, da UFPA. "C…

Pará: Deputados estaduais aprovam reforma administrativa.

Os deputados estaduais aprovaram o projeto de lei que institui a reforma administrativa estadual, recriando cinco secretarias especiais na estrutura do governo e regulamentando as contratações de assessores especiais na administração estadual. Enviada para o Legislativo pelo Executivo há duas semanas e apreciada em regime de urgência, a matéria sofreu poucas alterações.
A intenção do governador Simão Jatene é instituir as mudanças imediatamente. Os cinco nomes que vão assumir as supersecretarias ainda não foram divulgados oficialmente pelo governador, mas ele já admitiu que Nilson Pinto e Sérgio Leão poderão ser dois escolhidos. Especula-se ainda o nome de outro secretário para assumir a função, Sidney Rosa.
InformaçõesDOL

A 5ª seleção!

Ultrapassada por Alemanha e Inglaterra, a Seleção Brasileira caiu para o quinto lugar no último ranking da Fifa, divulgado pela entidade nesta quarta-feira. A Espanha segue na liderança, seguida pela Holanda e Alemanha.

A Argentina, que sediará a Copa América a partir desta sexta-feira, perdeu cinco posições e é apenas a nona agora. O outro sul-americano entre os 20 primeiros é o Uruguai, em 18º.

Confira as 20 primeiras colocações do ranking da Fifa:

1. Espanha 1.871 pontos
2. Holanda 1.661
3. Alemanha 1.417
4. Inglaterra 1.146
5. Brasil 1.130
6. Itália 1.059
7. Portugal 1.046
8. Croácia 1.033
9. México 1.007
10. Argentina 979
11. Noruega 972
12. Grécia 959
13. Japão 925
14. Costa do Marfim 922
15. França 920
16. Montenegro 915
17. Rússia 914
18. Uruguai 909
19. Suécia 884
20. Dinamarca 857



Fonte: Veja

Câmara Municipal de Santarém deve votar hoje a LDO.

Câmara municipal deve votar hoje a LDO. Ontem o veredaor do DEM, Henderson Pinto, pediu vistas à LDO argumentando que; “estamos trabalhando na aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que é uma preparação para se aprovar a Lei Orçamentária Anual de 2012. Portanto, os últimos anos do atual governo municipal, por conta disso as operações de crédito ficam prejudicadas, uma vez que o município não pode contrair essas operações por ser o último ano de governo. Então temos que ter essa cautela, sobretudo, com a Lei de Responsabilidade Fiscal, devem estar bem postas as metas fiscais, os quadros demonstrativos da evolução do patrimônio do município, como também da execução orçamentária, para que a gente possa “avaliar se houve ou não essa evolução”.
A lei de diretrizes orçamentárias (LDO) orienta a elaboração e execução do orçamento anual e trata de vários outros temas, como alterações tributárias, gastos com pessoal, política fiscal e transferências da União.
com informações da CMS