Postagens

Mostrando postagens de Maio 6, 2011

Belo Monte: Ministro afirma que construção da usina não afetará indígenas.

Imagem
O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, informou hoje (6) à presidenta Dilma Rousseff que a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA), não vai afetar nenhuma comunidade indígena. Lobão entregou à presidenta um relatório no qual informa que a comunidade indígena mais próxima do lago que se formará com o represamento do rio fica a 31 quilômetros (km) de distância.
“Mostrei à presidenta um mapa que demonstra a presença de diversas reservas na região. A mais próxima está a 31 km do lago. Outras, a 200, 300 e até 500 km de distância”, disse o ministro, que defendeu a necessidade da construção da usina, que terá potência instalada de 11 mil megawatts.
“É uma energia da qual nós necessitamos porque, de outro, modo teríamos que construir mais intensamente termelétrica a óleo, a carvão e, no momento, não é o que interessa ao país. Nós temos a matriz energética mais limpa e renovável do mundo e pretendemos continuar assim”, disse o ministro.
A construção …

Forças armadas cumprirão decisão do STF.

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse que as Forças Armadas vão cumprir a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que reconheceu ontem a união estável entre homossexuais. Durante visita na manhã de hoje ao complexo de favelas do Alemão, na zona norte do Rio, ocupado desde novembro pelo Exército, Jobim evitou qualquer tipo de polêmica sobre o assunto, e afirmou que a decisão do STF é "soberana".
"Tenho ainda de examinar o conteúdo da decisão final, mas será cumprida dentro dos limites apresentados por ela", disse. Segundo Jobim, caberá agora ao Congresso estabelecer as disciplinas legais da decisão, como as "situações patrimoniais, sucessórias, adoções, enfim. Condições jurídicas que ficarão evidentemente na área do poder legislativo", afirmou o ministro.
Leia mais


Coletivo Puraque ministra oficinas.

Imagem
Vários jovens estão participando das oficinas ministradas pelo coletivo puraque. O evento está sendo realizado com o apoio do Programa Navegapará da Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará (Fapespa) fruto do edital Ações Colaborativas para Cidadania Digital lançado em 2010, além da Prefeitura Municipal de Santarém, Universidade Federal do Oeste do Pará, Instituto Federal do Pará – Santarém, Pontão de Cultura Digital do Tapajós, Telecentros.br e Casa Brasil, todas entidades que tem colaborado para que ações de cultura digital sejam realizadas no Baixo-Amazonas.
Oficinas Ministradas: edição de áudio (captura e edição de sons, montagem de estúdio comunitário, softwares de mixagem e edição, montagem de cyber-rádios), edição de vídeo (Captura e edição de imagens, criação de vídeos usando câmeras de celulares, técnicas para montagem de cyberweb e como fazer transmissão de vídeos pela internet), edição gráfica (uso de softw…

UEPA: Pedidos de isenção encerram domingo.

Já é domingo (8)  o último dia de pedido de isenção para o vestibular 2012 da Universidade Estadual do Pará Este ano, 11.500 mil candidatos serão beneficiados. Para o Processo Seletivo (Prosel) serão destinadas 8.050 isenções, sendo 4.600 integrais e 3.450 parciais, esta última modalidade o valor a ser pago será de R$ 30 (trinta reais).Para o Programa de Ingresso Seriado (Prise) serão 3.450 isenções ofertadas, das quais 1.725 são integrais e 1.725 parciais, esta última o candidato beneficiado deverá paga o valor de R$ 17,50 (dezessete reais e cinquenta centavos).Mais informações UEPA

Pará: Governo garante implantação do plano de cargos carreiras e remuneração da educação

O governo do Estado vai implantar o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos profissionais da educação básica, criado pela Lei 7.442, de 2 de julho de 2010, e que deveria ter começado a vigorar em outubro do ano passado. Ao assumir o governo, Simão Jatene recebeu o plano, que não foi incluído no Orçamento Geral do Estado para 2011, por isso estava sem previsão de recursos para implantação.
A decisão de cumprir a lei foi tomada na manhã desta quinta-feira (5), no Centro Integrado de Governo (CIG), em reunião dos secretários de Estado de Administração, Alice Viana, e de Educação, Nilson Pinto, com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp).

Educação: Ainda não é tratada como prioridade no Brasil.

O projeto de desenvolvimento econômico do Brasil ainda não trata a educação como prioridade em suas ações e programas. Apesar de reconhecer a melhoria da qualidade do ensino como estratégia fundamental para o crescimento da economia e desenvolvimento social, o país ainda não conseguiu traduzir essa intenção em ações efetivas. Esse é o diagnóstico de um estudo produzido pelo professor da Universidade de São Paulo (USP) Romualdo Portela, apresentado hoje no Seminário Internacional Educação e Desenvolvimento, promovido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Em suas pesquisas, Portela analisou os principais planos norteadores pelo governo do ex-presidente Lula e detectou que, quando a educação aparece como área de ação estratégica, essa intenção não é traduzida na prática, especialmente no que diz respeito ao financiamento. Entre os planos de ação, foram estudados o Plano Plurianual (PPA) 2008-2011 e as duas edições do Programa d…