Postagens

Mostrando postagens de Julho 29, 2012

Juruti: Resultado do Festribal frusta torcida

Imagem
[caption id="attachment_15180" align="alignleft" width="291"] Festa das Tribos[/caption]
A festa das tribos, como é conhecido o maior evento cutural de Juruti, não teve oficialmente nenhuma tribo campeã este ano.
A festa foi uma frustação para os torcedores das duas tribos que participam do Festribal 2012. Durante o processo de apuração das notas dos jurados as duas diretorias entraram com pedido de impugnação. O motivo: Quatro jurados  eram da região Norte. Pelo regulamento, os jurados devem ser de estados de outras regiões. A comissão, portanto, teria infrigido o regulamento da competição.
Após receber os pedidos de anulação do Festribal, a comissão reuniu e declarou que contrariou o regulamento baseada no artigo que fala sobre os casos omissos e justificou que não conseguiu contratar os jurados de outros estados do Brasil, por isso trouxe jurados do estado do Amazonas.
Diante de toda situção a comissão declarou as duas tribos campeãs.
Nas arquibancadas a to…

Prontos para concorrer

Cinco mil candidatos no Pará já foram liberados pela Justiça Eleitoral para concorrer ao pleito de outubro, de acordo com informações do Sistema de Divulgação de Candidatos (Divulgacand) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Os números ainda são parciais e estão sujeitos a alterações. Porém, evidenciam o longo caminho que os 97 juízes eleitorais, que estão cuidando dos registros no Pará, ainda precisam percorrer para cumprir o prazo legal de 5 de agosto, para que todos estes pedidos estejam julgados em primeira instância. Este ano, 18.088 candidatos vão disputar o voto do eleitor no Estado.
São 478 chapas concorrendo à eleição majoritária, ou seja, aos cargos de prefeito e vice. E outros 17.132 candidatos pleiteando vagas no Legislativo Municipal. Deste universo, 580 políticos sofreram pedidos de impugnação ao registro de candidatura, seja por meio de ações propostas pelo Ministério Público Eleitoral ou pelas coligações, partidos ou candidatos adversários. Ou ainda por meio de notícias …

Cultura Tapajoara

Imagem
O livro “Aritapera: Terra, Água, Mulheres & Cuias”, organizado pelos antropólogos Antônio Maria de Souza Santos, do Museu Paraense Emílio Goeldi, e Luciana Gonçalves de Carvalho, da UFOPA, é o primeiro volume da coleção “Mapeamento Cultural do Pólo Tapajós”. A coleção versa sobre manifestações artístico-culturais dos municípios de Santarém, Belterra e Oriximiná, pelo Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo no Estado do Pará (Prodetur).
“Aritapera” aborda a importância da utilização das cuias ornamentais no universo amazônico e como elas estão inseridas no cotidiano das comunidades ribeirinhas, com enfoque no distrito de Aritapera, situada na área de várzea do rio Amazonas, distante cerca de 4 horas de barco de Santarém. O trabalho na comunidade envolve cerca de 200 famílias, inseridas na Associação das Artesãs Ribeirinhas de Santarém, criada em 2003 para aprimorar a produção e a comercialização das cuias, valorizando os conhecimentos artesanais da região.
A obra é resulta…