Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 28, 2016

Professor recorda momentos com Emerson Neto

Imagem
Gleidson Vilhena, professor da educação especial na rede municipal de ensino, que atendeu Emerson Neto, encontrado morto na noite desta terça-feira (27) depois de 3 dias desaparecido, relata em sua rede social (facebook) a emoção de ter feito parte da vida educacional da criança. O professor, que teve Emerson como um dos seus primeiros alunos no atendimento do AEE, se emociona ao lembrar dos momentos em sala de aula e das atividades pedagógicas desenvolvidas com o aluno. Recorda o educador:"...Lembro-me do dia em que o vesti de curupira para o folclore da Escola Dom Floriano, dos dias de pintura, em que ele adorava colocar o avental que eu fiz com apoio da professora Joana Betcel, das aulas de Braille em que tudo p ele se transformava em carrinhos..."

Chocado com a morte do pequeno estudante, como todos os outros professores da educação especial, ele lamenta: "...Queria muito que tivessem o encontrado bem, tinha muita esperança nisso. Queria muito q isso tudo fosse menti…

Indiciados por naufrágio

A Polícia fluvial do Pará indiciou o proprietário e piloto da embarcação Luar C que naufragou no último dia 7 de dezembro no trecho entre os municípios de Barcarena e Ponta de Pedras, após sair de Belém.

Entre passageiros e tripulantes, 44 pessoas sobreviveram, seis morreram e três continuam desaparecidas.