Postagens

Mostrando postagens de Maio 18, 2013

Aécio Neves é eleito presidente do PSDB

Imagem
Com 97,3% dos votos dos integrantes do partido, o senador Aécio Neves (MG) foi eleito neste sábado (18) presidente nacional do PSDB. A convenção nacional da legenda lotou o centro de convenções de um hotel de Brasília. Segundo a assessoria da sigla, entre governadores, parlamentares, prefeitos e militantes, cerca de 4 mil tucanos compareceram ao evento partidário. (G1)

Foto: Ed Ferreira

Colégio Santa Clara promove encontro de ex-alunos

Imagem
O Colégio Santa Clara, em comemoração ao centenário da instituição, realiza hoje (18) um encontro de eternos alunos. A atividade vai reunir gerações que construíram essa história e contribuíram para tornar este educandário referência na formação cristã e humanística.
“Será um encontro certamente marcante e de alegria para aqueles que aprenderam muito neste chão sagrado”, disse a diretora, Irmã Gizele Marinho-SMIC.
O Colégio Santa Clara é mantido pela Rede de Educação SMIC da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus.
A programação, que inicia às 17 horas, está sendo organizada pelo Grupo de Trabalho do Centenário (GT) e o Serviço de Orientação Religiosa (SOR), incluindo uma celebração eucarística que será presidida pelo orientador espiritual, Frei João Schwiters (OFM), seguindo com várias surpresas. No encerramento será servido um coquetel.
Com informações de Genildo Júnior

CFM pede esclarecimentos sobre a vinda de médicos cubanos

Na CNM
Depois de o governo federal ter assinalado que trará seis mil médicos cubanos para atuarem no interior e nas periferias de grandes Municípios brasileiros, o Conselho Federal de Medicina (CFM) entrou com uma representação na Procuradoria Geral da República (PGR).
O CFM pediu na última quinta-feira, 16 de maio, esclarecimentos aos ministros da Educação, Aloízio Mercadante, da Saúde, Alexandre Padilha, e de Relações Exteriores, Antônio Patriota. As três pastas se articulam para permitir o trabalho de médicos estrangeiros sem a revalidação do diploma.
O presidente do CFM, Roberto Luiz d’Avila, afimou: “não admitimos uma medicina de segunda para os mais carentes. Até porque quem está no governo, quando adoece, vai para os hospitais de primeira linha e não se submete aos cuidados dos médicos importados aos lotes”.
De acordo com o Conselho, a medida do governo federal é um “desrespeito aos Direitos Humanos”.
Mais Detalhes: Conselho de Medicina pede esclarecimentos sobre a vinda de médicos …