Postagens

Mostrando postagens de Julho 6, 2012

Borari: Festival começa dia 13

Imagem
[caption id="attachment_14613" align="alignleft" width="330"] Festival Borari[/caption]
Será realizado nos dias 13, 14,15 de julho, na praça Borari, no Centro de Atendimento ao Turista o Festival Borari em Aletr-do-Chão.
No local serão instaladas 25 barracas.
A festividade, realizada desde a década de 90, retrata a origem dos índios Borari, os primeiros habitantes de Alter do Chão. Através de danças, comidas e bebidas típicas e rituais indígenas os moradores da vila promovem um resgate cultural de sua história.
Este ano o evento completa 18 anos.
Com informações do portal No Tapajós

Nepotismo em Faro

Em Faro, o Ministério Público do Estado, por meio do promotor de justiça Franklin Lobato Prado, emitiu recomendação ao prefeito e ao presidente da câmara municipal para coibir a prática de nepotismo no serviço público.
No prazo de 48 horas, o MP recomenda que sejam exonerados todos os contratados irregularmente.
A recomendação foi enviada ao prefeito Denilson Batalha Guimarães, e ao presidente da câmara, Djalma Pereira de Souza, após recebimento de denúncias pelo MP, de possível contratação irregular de funcionários públicos e prática de nepotismo pela prefeitura e câmara municipal de Faro.
Também recomenda que se abstenham de contratar como servidores temporários por tempo determinado, pessoas que se enquadrem na situação de nepotismo
Informações MPE

IFPA tem novo reitor

O Ministério da Educação designou um reitor pro tempore para o Instituto Federal do Pará (IFPA).
Desde ontem, quinta-feira, 5, o professor Élio de Almeida Cordeiro assume a direção do Instituto. Serão afastados todos os envolvidos em irregularidades na instituição, pelo menos enquanto durar o processo.
Uma ação conjunta da Controladoria Geral da União (CGU), Polícia Federal e Ministério Público Federal resultou, na última quinta-feira, 28, na prisão do reitor do IFPA, Edson Ary de Oliveira Fontes, e outros três acusados por desvio de recursos públicos.

Propaganda eleitoral

Propaganda na internet
Segundo a resolução do TSE, a propaganda eleitoral pela internet pode ser realizada a partir do dia 6 de julho deste ano. Essa propaganda é permitida nos sites do candidato, do partido ou coligação, com endereços eletrônicos informados à Justiça Eleitoral e hospedados, direta ou indiretamente, em provedor de serviço de internet situado no Brasil.
A propaganda eleitoral pela internet pode ser feita ainda através de mensagem eletrônica enviada a endereços cadastrados gratuitamente pelo candidato, partido ou coligação. Também pode ocorrer por meio de blogs, redes sociais, sites de mensagens instantâneas e assemelhados, cujo conteúdo seja gerado ou editado por candidatos, partidos ou coligações ou de iniciativa de qualquer cidadão.
É proibido na internet qualquer tipo de propaganda eleitoral paga. A propaganda eleitoral não é permitida, ainda que de forma gratuita, em sites de pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, e em sites oficiais ou hospedados por órgãos o…