Postagens

Mostrando postagens de Novembro 19, 2014

Empreendimentos na Amazônia: MPF quer impedir ANA de autorizar obras em rios da região

Imagem
Procuradores da República de seis estados da Amazônia - Pará, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Rondônia, Roraima -  ingressaram hoje (19) com ações para que a  Justiça Federal proíba a Agência Nacional de Águas (ANA) de autorizar novos empreendimentos em importantes rios da Amazônia brasileira sem que, antes, sejam criados os chamados comitês de bacia hidrográfica.

Eles pedem que a agência seja proibida de emitir a Declaração de Reserva de Disponibilidade Hídrica para quaisquer empreendimentos que estejam em fase de licenciamento nas bacias dos rios Tapajós, Teles Pires, Madeira, Ji-Paraná, Negro, Solimões, Oiapoque, Jari, Araguaia, Tocantins e Trombetas, antes que os comitês de bacia sejam criados, e seus membros nomeados e empossados. No total, foram ajuizadas nove ações.
Leia Mais: MPF quer impedir ANA de autorizar obras em rios da Amazônia

Fórum Municipal de Educação

Nesta quinta-feira (20/11), às 9hs, no CEPES, localizado na travessa Turiano Meira, será realizada a reunião de instalação, posse e eleição da coordenação do Fórum Municipal de Educação. O evento objetiva ainda a discussão e sugestões de propostas, que farão parte do Plano Municipal de Educação de Santarém para a  década de 2014 a 2024. 

ASCOM/SEMED

Escola de Santarém vence o Prêmio Nacional de Educação Fiscal

É da região do Tapajós, no oeste do Pará, o talento, a criatividade e a competência de professores e alunos que receberam nesta terça-feira, 18, em Brasília, o Prêmio Nacional de Educação Fiscal. Com o projeto Sol “Cidadão Legal”, a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Frei Ambrósio, de Santarém, venceu na categoria Escola, o prêmio outorgado pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), na qual o Estado é representado pela Associação dos Servidores do Fisco Estadual do Pará (Asfepa).

A escola receberá R$ 15 mil como prêmio, o que garante, para 2015, a “ampliação do projeto Sol Cidadão Legal para seis escolas do município”, conta a coordenadora da iniciativa premiada, Eliana Mara Santos.

Mais Detalhes