Postagens

Mostrando postagens de Março 7, 2012

Brasil: País da felicidade

Uma pesquisa feita pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) em parceria com a consultoria Gallup com cerca de 200 mil pessoas em 158 países buscou saber a expectativa de felicidade das pessoas nos próximos cinco anos e também no presente. O Brasil vence nos dois. Entre os brasileiros, a pesquisa constatou também que as mulheres são mais felizes que os homens. Numa escala de 1 a 10, as mulheres brasileiras tiveram uma média de felicidade de 8,98, contra 8,56 dos homens na expectativa de futuro, e de 6,73 contra 6,54 no presente. Outra constatação da pesquisa é de que as mulheres solteiras são mais felizes que as casadas no mundo inteiro, mas o índice cai à medida que a mulher envelhece.
Mais detalhes: Brasil é tetracampeão em felicidade, indica pesquisa da FGV

Conselho da ACES contempla mulheres de destaque

O Conselho da Mulher Empresária (CME), órgão da Associação Comercial e Empresarial de Santarém (ACES) promove na próxima quinta-feira, 8 de março, um jantar em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Para este evento foram escolhidas quatro mulheres de destaque para receber uma homenagem.
Cada uma será homenageada por sua atuação profissional em Santarém. A empresária SANDRA MARIA SILVA DE AGUIAR será homenageada como destaque pela sua competência empresarial, a professora doutora SOLANGE HELENA XIMENES ROCHA por sua competência em educação, a professora ROSILDA DAS CHAGAS WANGHAM como ativista de ações sociais na Associação Santarena de Estudos e Aproveitamento dos Recursos da Amazônia (SEARA) e a médica anestesista WALDACI MATOS MARTINS como destaque na área da saúde.
A comemoração do Dia Internacional da Mulher é uma das festas mais tradicionais do CME. Acontece há 11 anos e confere uma comenda às mulheres que tiveram destaque no ano anterior e que contribuem para o município com…

Piso dos professores: Julgamento suspenso

O julgamento que avaliaria o recurso do Sintepp(Sindicato dos Trabalhadores em Educação Publica do Pará) contra decisão do juiz Helder Lisboa, marcado para esta manhã (7), foi suspenso. O governo do Estado entrou com pedido de perda de vista do objeto, alegando que negociou ontem (6) com o Sindicato o pagamento do piso a partir do final de março e o Tribunal de Justiça do Estado (TJE) acatou. O recurso do Sintepp contestava a decisão do juiz da 1ª Vara da Fazenda de conceder ao governo o direito de pagar o piso dos professores em até 12 parcelas.
O Sintepp alegou que recorrerá da decisão e pediu nova vista do processo para fazer outras considerações. "Queremos o pagamento do piso equivalente ao ano de 2011. O governo não publicou no Diário Oficial nada sobre esse retroativo", explicou Matheus Ferreira, do Sintepp. O sindicato deve apresentar a nova vista do processo ainda na tarde desta quarta-feira e espera que até a próxima semana o julgamento entre na pauta do tribunal. (D…

Celpa: Negado o pedido de aumento de tarifa

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) negou o pedido de revisão tarifária extraordinária, feito pela Celpa. A empresa pediu reajuste de 20,14%, alegando desequilíbrio econômico-financeiro, motivado por resultados das duas últimas revisões tarifárias determinadas pela agência. Para a Aneel, o atual desequilíbrio não tem como causa as tarifas, mas a falta de ações de melhorias de gestão e de aporte de recursos pelos acionistas. A terceira revisão tarifária periódica da Celpa está marcada para 7 de agosto. A decisão beneficia 1,7 milhão de unidades atendidas pela Celpa no Pará.  (DOL)

Câmara vota a Lei Geral da Copa

Imagem
Ontem (6) a Comissão da Câmara aprovou a venda de bebidas alcoólicas na Copa do Mundo e na Copa das Confederações. O texto foi aprovado na comissão especial criada para analisar o projeto de lei. Atualmente, o Estatuto do Torcedor proíbe o uso de álcool pelos torcedores por causa dos constantes episódios de violência nos eventos esportivos. A Lei Geral da Copa será votada no plenário da Câmara hoje (7).


[caption id="attachment_12425" align="aligncenter" width="300" caption="Foto: AP"][/caption]