Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 21, 2011

Pará concentra as maiores favelas

Doze das 50 maiores favelas do país estão localizadas no estado do Pará, segundo dados do Censo Demográfico 2010 divulgados nesta quarta-feira (21) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)
Em seguida estão São Paulo e Bahia, cada uma com oito das favelas e similares com maior população do país entre as 50 mais populosas.
Rio de Janeiro tem seis das 50 maiores e Pernambuco (4), Amazonas (3), Maranhão (3), Ceará (2), Distrito Federal (2) e Minas Gerais (2) também estão neste ranking.
Com relação à população, Pará, Rio de Janeiro e São Paulo também concentram a maior parte dos habitantes morando nos 50 maiores aglomerados subnormais. São 358.124 pessoas vivendo nas maiores favelas do Pará, 217.663 em São Paulo e 209.312 no Rio de Janeiro.
A maior favela do país em número de habitantes é a Rocinha. São 69.161 habitantes divididos em 23.352 domicílios, uma média de três pessoas por casa
Cinco aglomerados carentes do Pará estão entre os mais populosos: Assentamento Sideral (39…

Política de governo

A Assembleia Legislativa do Pará aprovou nesta terça-feira, 20, o projeto de lei do Executivo Estadual que estima a receita e fixa as despesas do estado do Pará para o exercício financeiro de 2012.O governo vai gastar algo em torno de R$ 13 bilhões
O titular da Sepof, Sergio Bacury disse que em 2012 o governo continuará investindo em setores importantes e ainda mais em Educação.
A categoria dos professores espera que o governo possa cumprir com a implementação do piso salarial para os professores que este ano passará para R$ 1.450 evitando uma nova greve e que as regiões do Oeste, Sul e Sudeste do Estado possam ser contempladas com mais investimentos. O governo do Pará já percebeu que não será admissível que se ignore essas regiões. É necessário uma maior destinação de recursos para que os problemas básicos da população possam ser sanados.