Postagens

Mostrando postagens de Setembro 6, 2014

Abaixo da meta

O novo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mostra que a rede de escolas públicas do Brasil têm cada vez mais dificuldade de atingir as metas de qualidade educacional determinadas pelo governo. Embora 56% das cidades tenham melhorado a nota do Ideb em relação à edição anterior, 60,4% dos municípios ficaram abaixo da meta estabelecida pelo Ministério da Educação para cada um deles para a rede pública, que inclui as escolas municipais, estaduais e federais. (G1)

Paz nas escolas

Por: (*) Cristovam Buarque, via Blog do Noblat

Recente estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico e nossos jornais no dia a dia mostram o Brasil como o país com maior violência na escola. O futuro de um país tem a cara de sua escola no presente. Por isso, é urgente entender as causas da violência e como corrigi-las.

A primeira causa é a pouca valorização do professor. Em uma sociedade movida pelo consumismo e renda, ao perceberem que os professores têm baixos salários, os alunos valorizam mais outras profissões, não espelham seus futuros nos professores em frente. Todas as categorias profissionais são mais reconhecidas do que o magistério. Os professores, ao não serem reconhecidos, justificadamente, diminuem a dedicação, criando um circulo vicioso de desrespeito mútuo, mesmo implícito, quando não explicitado.

Este sentimento se agrava, quando os alunos sentem as semanas ou os meses sem aulas por causa das greves para as quais os professores são jogados em busca d…