Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 6, 2012

TSE divulga valores do Fundo Partidário 2012

O TSE já divulgou o valor do fundo partidário previsto para ser distribuído aos partidos políticos durante o ano de 2012.  O Fundo é constituído por dotações orçamentárias da União, multas, penalidades, doações e outros recursos financeiros que lhes forem atribuídos por lei. Os critérios de distribuição do Fundo estão detalhados na Lei 11.459/2007. Serão  repassados R$ 286,2 milhões. Os valores repassados aos partidos políticos mensalmente - os duodécimos -, são publicados no Diário da Justiça Eletrônico e divulgados no sítio eletrônico do TSE na internet.

E um Governador, quando virá?

Imagem
A "província rebelde" de Santarém, recentemente derrotada no plebiscito para se separar do Pará, vem sendo "consolada" com a escolha de vices-governadores desde o meado do século 19. Naquele tempo, Miguel Antônio Pinto Guimarães, o Barão de Santarém, foi nomeado vice-presidente da Província do Grão-Pará. Ele teve oportunidade de governar a província em duas ocasiões, em virtude das ausências do titular. Chegou a ser convidado por Pedro II para ser senador, mas não quis, preferindo continuar comandando suas dezenas de escravos indígenas e negros na foz do Tapajós.
Guimarães governou o Pará de julho de 1855 a maio de 1856 e de maio de 1869 a novembro do mesmo ano. Quase um século e meio depois, novamente Santarém oferece ao Estado um vice, na pessoa do ex-separatista Odair Correa. No presente, outro vice, Helenilson Pontes, também ex-separatista. Substituindo o titular, em discurso na abertura do ano legislativo no dia 1 de fevereiro, Helenilson "revelou" o …

O Pará tem jeito?

"Se o paraense quiser saber melhores notícias sobre o Estado vai ter que pesquisar em jornais antigos. Já faz algum tempo que amargamos os últimos lugares das pesquisas nacionais sobre dignidade humana. Até no quesito favelas já estamos incluídos..  O Pará já foi o terceiro maior Estado do País na era da borracha. Já vivemos a era do ouro. Já tivemos grandes carnavais. Aqui estão as maiores reservas minerais do planeta. Ninguém tem mais ouro que nós. Os mais belos e grandes rios passam por aqui. O maior arquipélago fluvial é nosso. As mais belas praias do mundo estão em território paraense, e aqui se condensa toda a diversidade que existe na Amazônia. Então, não dá para aceitar tanta coisa ruim creditada pelas pesquisas.  Cada vez que sai uma pesquisa sobre o Brasil lá está o Pará sempre em difícil posição."
(Jader Barbalho em artigo publicado no Jornal Diário do Pará no dia 05 de Fevereiro de 2012 - Títutlo Original: O Pará tem jeito)

Leão do Tapajós vence leão do Parazinho

O Remo perdeu em Santarém para o São Francisco no Colosso do Tapajós por 2 a 0. O leão Santareno pressionou durante toda a partida o leão da capital do estado e, com os dois gols de Emerson Bala, segue vivo para segunda etapa do campeonato. O Remo terminou o turno em 4º lugar e se classificou para as semifinais. Na capital do estado o Alvinegro santareno derrotou o Papão por 1X0.

Extração ilegal de madeira no Oeste do Pará

Imagem
[caption id="attachment_11819" align="alignleft" width="132" caption="(Foto: MP  Goiás)"][/caption]
Ramaís de Castro Silveira (foto), da Secretaria de Direitos Humanos concedeu entrevista a revista Época onde esclarece sobre extração ilegal de madeira da Amazônia perto dos municípios de Trairão e Itaituba no Oeste do Pará. (A jornalista Eliane Brum publicou em sua coluna o drama de dois brasileiros que denunciaram o esquema de extração ilegal de madeira na região). O secretário reconhece que as denúncias de assassinato, ameaças e roubo de madeira na região são consistentes. Dois homens denunciaram a quatro órgãos federais e dois estaduais uma milionária operação criminosa que rouba ipê de dentro de áreas de preservação da floresta amazônica, no Pará. Depois da denúncia, um foi assassinado – e o outro foge pelo Brasil com a família, sem nenhuma proteção do governo. Toda a operação passa por uma única rua de terra de um projeto de assentamento do I…