Postagens

Mostrando postagens de Outubro 24, 2014

Atividade física em alta

Imagem
A cada três brasileiros, um pratica exercícios e atividades físicas regularmente. É o que aponta uma pesquisa do Ministério da Saúde. Nos últimos cinco anos, a população que se exercita com regularidade cresceu mais de 12%.
Os dados inéditos indicam uma mudança no comportamento da população adulta, que está mais preocupada em adotar um estilo de vida saudável. A pesquisa também revela que, entre as atividades físicas, a musculação tem ganhado cada vez mais adeptos no Brasil. O número de entrevistados que pratica musculação cresceu 50%, entre 2006 e 2013. Além disso, quase 19% dos adultos, hoje, preferem se exercitar em academias.
Entre os homens o futebol continua sendo o exercício preferido. Na hora de se exercitar, mais de 26% da população masculina recorre à paixão nacional. Em segundo lugar, esse público realiza mais caminhadas, seguido da musculação. A pesquisa mostrou que a caminhada permanece como o exercício mais frequente entre os brasileiros. Do total de entrevistados que prat…

Reformulação do Ensino Médio

Imagem
* No Fique por Dentro (Câmara Federal)

Com cerca de dez milhões de matrículas, o ensino médio é o principal gargalo do sistema educacional brasileiro. Há tempos constata-se que o ensino médio não vem preparando os estudantes nem para o mercado de trabalho, conforme estabelecido na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, nem para o ingresso na educação superior. A baixa atratividade dos currículos, em sua maioria generalistas e distantes da realidade social, econômica e cultural dos jovens alunos, aliada à baixa qualidade do ensino, são apontadas como as principais causas para que o ensino médio apresente altas taxas de evasão e de retenção e resultados de aprendizagem bastante preocupantes nas avaliações nacionais. O impacto desses resultados no desenvolvimento do país é alarmante: 5,2 milhões de jovens brasileiros na faixa etária de 15 a 24 anos, ou seja, um quarto dessa população, nem estudam e nem trabalham – a conhecida “geração nem-nem”. Visando contribuir para a reversão …