Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 11, 2015

MPF recorre contra decisão que declarou inexistentes duas etnias indígenas

O Ministério Público Federal em Santarém apresentou apelação cível contra decisão da Justiça Federal de Santarém que determinou que as etnias indígenas Borari e Arapium são inexistentes. A decisão, do juiz federal Airton Aguiar Portela, assinada em dezembro de 2014, negou o direito de autorreconhecimento dos povos indígenas, decretando que ambos, há anos em conflito com madeireiros e com as terras já delimitadas pela Fundação Nacional do Índio, são formados por “falsos índios”, ribeirinhos que teriam deixado de ser índios.

Para o MPF, ao negar o autorreconhecimento e o trabalho técnico dos antropólogos que delimitaram a Terra Indígena Maró, a sentença “incide na mesma prática que tenciona historiar, qual seja, o etnocídio de povos indígenas. Trata-se de mais um expediente de esbulho renitente que vêm sofrendo tais populações desde que as cortes europeias invadiram o Brasil nos idos do século XVI. Afinal, invisibiliza etnias indígenas existentes e os insere na massa da sociedade envolve…

Culpados somos todos nós

Imagem
Por: Marcos Santos (*)


[caption id="attachment_16094" align="alignleft" width="134"] Marcos Santos[/caption]

Nas redes sociais, enquanto alguns miram seus comentários de ódio em direção aos hippies pela contaminação das águas do rio Tapajós, mais especificamente nas praias em Alter do Chão, e culpam esses indivíduos pelo aparecimento de casos de hepatite A, naquela vila balneária, ninguém comenta os danos provocados por donos de embarcações (lanchas e balsinhas), e proprietários de mansões luxuosas que também despejam todo o dejeto diretamente nas águas do Tapajós e que possivelmente contribuem para a poluição do rio.

Isso ninguém vê e a hipocrisia de alguns faz surgir comentários xenofóbicos por causa da aparência e estilo de vida desses seres errantes que perambulam pela comunidade ajudando também a deixar o lugar ainda mais fétido e imundo.

Mas a culpa pela sujeira de Alter não é apenas deles.

Alter do Chão há muito tempo deixou de ser um lugar rústico.

A vi…