Postagens

Mostrando postagens de Outubro 26, 2012

Uepa abre inscrições para Mestrado

Na Agência Pará
A Universidade do Estado do Pará (Uepa) recebe inscrições para o Processo Seletivo para o Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPGCA), em nível de Mestrado Acadêmico.
As inscrições podem ser feitas pelo site www.fadesp.org.br das 08 horas do dia 29 de outubro até às 23 horas do dia 30 de novembro.
Ao todo, serão ofertadas 12 vagas na área de concentração “Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia Brasileira”.
O Processo Seletivo para o Mestrado será desenvolvido em três etapas: A primeira, de caráter eliminatório e classificatório, composta por uma prova escrita e uma prova de proficiência em inglês. A segunda  é a entrega e análise do curriculum lattes e do pré-projeto de pesquisa. A última etapa é a de entrevista com os classificados, que deve ser realizada nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013.
O edital, na íntegra, está disponível no site da UEPA ou no link: http://www.uepa.br/paginas/pcambientais

PEC obriga hospitais públicos a oferecer serviços odontológicos

A Câmara analisa proposta que obriga os hospitais públicos e a rede credenciada ao Sistema Único de Saúde (SUS) a manter um setor permanente destinado à prestação de serviços gratuitos odontológicos. A medida está prevista no Projeto de Lei 4252/12, do deputado Dr. Grilo (PSL-MG).
De acordo com a proposta, os hospitais deverão manter em seus quadros permanentes profissionais habilitados a prestar serviços odontológicos. As prefeituras, os governos estaduais e a União poderão assinar convênios com as instituições de saúde para cumprir a nova regra.
Tramitação
O projeto será analisado de forma conclusiva pelas comissões de Seguridade Social e Família; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania.
Fonte: Agência Câmara

Denúncias de trabalho escravo em Santarém

Imagem
[caption id="attachment_16863" align="alignleft" width="318"] Lixão S. André/Foto G1(PA)[/caption]
Um grupo de procuradores e auditores fiscais do grupo móvel de combate ao trabalho escravo, do Ministério do Trabalho, veio de Brasília para o município de Santarém averiguar denúncias de trabalho escravo e infantil no município.
Alguns pontos da cidade foram vistoriados para confirmar as denúncias. O lixão de Santo André foi um desses locais visitados, onde a equipe constatou a presença de crianças em prática de trabalho em condições sub-humanas na fabricação de carvão vegetal. De acordo com os procuradores, 13 famílias permanecem na área que, segundo o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado em 2002 pela prefeitura de Santarém, por ser um lixão, deveria estar isolada. Por essa razão, a prefeitura será notificada.
A equipe também está apurando denúncias de trabalho escravo em algumas propriedades de Santarém.
A prefeitura de Santarém foi procurada para coment…

Blecaute em Santarém

O blecaute ocorrido em Santarém na noite desta quinta-feira (25), de causa ainda desconhecida, afetou também a capital do Estado, várias cidades do interior e também outros estados brasileiros.
Concessionárias de Ceará, Maranhão, Paraíba e Bahia confirmaram o blecaute. As redes sociais informam ainda sobre falta de energia no Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Piauí e parte dos estados do Pará, Amazonas, Tocantins, além de parte do Distrito Federal.
O apagão foi o principal tema nas redes sociais.
Blog Quarto Poder