Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 13, 2011

Fatalidade!

Imagem
“Qualquer um motorista pode acontecer uma tragédia dessa por causa que ninguém espera. Eu acho que eu não vinha puxando vinte, trinta, porque eu já ia me aproximando da parada, aí o passageiro deu sinal pra eu parar e quando eu fui frear o carro, aí acho que foi problema na suspensão, a perícia que vai falar. Aí o carro ficou neutro. Infelizmente eu vi três pessoas na minha frente. A pessoa tem a consciência que você vai passar por cima sem você querer... O que eu não quero pra mim eu não quero pra ninguém. Eu peço desculpa para os parentes da família, que entenda que foi problema de máquina, não foi problema pessoal, meu, porque eu nem conhecia as pessoas, mas se eu pudesse suspender o ônibus eu suspendia.”
(Palavras do motorista Olavo Pereira do Nascimento (foto) que dirigia o ônibus que atropelou e matou 3 pessoas na manhã de hoje na Avenida Rui Barbosa)

PT ataca PSDB

O Diretório Nacional do PT aprovou uma resolução política que ataca seu principal adversário, o PSDB, ao chamar o partido de "nau sem rumo". A classificação é uma referência direta à indefinição dos tucanos na escolha de um candidato para as eleições municipais de 2012 em São Paulo. A crítica ao PSDB foi debatida em uma reunião realizada em Belo Horizonte há 10 dias. Na reunião desta terça-feira, 13, a cúpula do partido decidiu manter o trecho.
O texto petista cita uma frase do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que disse ser "mais fácil falar do futuro do Euro do que o do PSDB", em alusão à disputa interna pela candidatura à Prefeitura da capital paulista.

Transferência da Capital do Pará

Logo após o término da consulta plebiscitária no último domingo (11)  o deputado Lira Maia, que era representante do movimento Pró Tapajós , disse que será apresentado na Assembleia Legislativa um Projeto de Emenda à Constituição do Pará com o objetivo de transferir a capital para um município geograficamente localizado no centro do Estado. Os deputados ligados aos grupos emancipacionistas também querem transferir órgãos públicos para as regiões oeste (Tapajós) e sudeste do Estado (Carajás).

Como você analisa as propostas? Comente

Acidente fatal em Santarém

Imagem
Fonte: Blog do Jeso
Um grave acidente automobilístico ocorreu há pouco no cruzamento das avenidas Rui Barbosa com São Sebastião, em Santarém, em frente ao prédio da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde).
Há pelo menos 2 vítimas fatais, ambas mulheres.
As duas mulheres estavam na parada de ônibus atrás da igreja de São Sebastião. Foram atropeladas e arrastadas por um microônibus, cuja barra de direção quebrou e ficou desgovernado.
As vítimas continuam embaixo do veículo, que só parou quando bateu no muro de uma casa localizada em frente ao prédio da Semsa.
Um das vítimas do acidente é Gleiciane Bárbara Vieira, 28 anos, que acabara de descer na parada de ônibus, pronta para atravessar a Rui Barbosa, em direção ao trabalho. Ela trabalhava numa botique em frente ao Colégio Dom Amando.
O motorista, Olavo Nascimento, foi levado à 16ª Seccional da Polícia Civil.







Fotos: Celivaldo Carneiro/Gazeta de Santarém

Pará: Governo ausente

Imagem
[caption id="attachment_10403" align="alignleft" width="86" caption="Alberto Oliveira"][/caption]
Em matéria publicada noDiário do Pará o presidente daAssociação Comercial de Santarém,Alberto Oliveira, aponta os problemas da região do Tapajós em razão da ausência do Estado. O empresário destaca  que a esmagadora votação no SIM durante o plebiscito representa um basta ao isolamento e que o governo deve tratar o Oeste com dignidade. Alberto disse que em 2010, o governo estadual investiu ridículos 4,8% de recursos públicos para atender uma população que representa 16% de todo o Estado. Ora, o investimento deveria pelo menos ser igual ao tamanho da população, ou seja, 16% para satisfazer as necessidades básicas nas áreas de saúde, educação, saneamento e estradas. Alberto disse ainda que o resultadodo plebiscito mostrou que a região está dividida, de fato, do resto do Estado, “mas não de direito”. Com a vitória do “Sim” na região, o governo está diant…

Férias escolares antecipadas

O início do ano letivo de 2014 e as férias escolares do meio do ano deverão ser antecipadas para que alunos de colégios públicos e privados estejam liberados durante a Copa do Mundo, que começa em 12 de junho.
A proposta será apresentada hoje à comissão especial criada na Câmara para discutir a Lei Geral da Copa.
Pelo texto, o semestre escolar deve começar em 20 de janeiro e acabar até 10 de junho-- as aulas retornariam em 21 de julho.
A mudança do ano letivo faz parte da série de medidas alternativas que o governo deve pôr em prática para evitar um colapso no transporte público e ainda será discutida no Ministério da Educação e nos Estados.
Informações Folha