Pantera perde na estréia da série D.

Num domingo (17) chuvoso e com um público de apenas 201 espectadores, o São Raimundo jogou mal e perdeu para o Sampaio Corrêa por 2 a 1, no Mangueirão, pelo jogo de estreia na Série D.


Com o nítido intuito de jogar no contra-ataque, o Sampaio Corrêa saiu na frente aos 21 minutos do primeiro tempo. Roni fez jogada pela ponta esquerda, invadiu a área, e sofreu falta de Tiago Junior. O árbitro assinalou o pênalti, Marcos Vinicius cobrou e marcou. E aos 30, o São Raimundo empatou a partida com Velber, após o rebote do goleiro Rodrigo Ramos. No final do primeiro tempo, aos 44, o perigoso atacante Rony perdeu a chance de deixar o Sampaio Corrêa em vantagem na ida para o vestiário.



No segundo tempo, o panorama da partida não mudou. O São Raimundo com a iniciativa da partida e o Sampaio Corrêa explorando o contra-ataque. Mas, aos 25, Robson Simplício fez o que quis com a defesa santarena e rolou a bola para o atacante Edgar empurrar para dentro do gol, 2 a 1 para o time maranhense. Depois do gol sofrido, o Pantera pressionou o Bolívia maranhense até o final, mas não conseguiu empatar.


Após a partida, o técnico Flavio Goiano atribuiu a derrota à falta de atenção do sistema defensivo de sua equipe. “Sabíamos que eles tinham jogadores rápidos e fomos desatentos, por isso perdemos hoje”, disse o treinador. “O mérito foi todo dos jogadores. Sabemos das nossas limitações, mas o grupo foi consciente e soube jogar”, declarou o técnico José Teixeira, do Sampaio Corrêa.  (Diário do Pará)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeitura abre inscrições para o V Festival de Música do Tapajós

Escola tecnológica de Santarém realiza Feira Científica

Inscrições para curso de Libras encerram-se na sexta-feira, 10