Pantera perde na estréia da série D.

Num domingo (17) chuvoso e com um público de apenas 201 espectadores, o São Raimundo jogou mal e perdeu para o Sampaio Corrêa por 2 a 1, no Mangueirão, pelo jogo de estreia na Série D.


Com o nítido intuito de jogar no contra-ataque, o Sampaio Corrêa saiu na frente aos 21 minutos do primeiro tempo. Roni fez jogada pela ponta esquerda, invadiu a área, e sofreu falta de Tiago Junior. O árbitro assinalou o pênalti, Marcos Vinicius cobrou e marcou. E aos 30, o São Raimundo empatou a partida com Velber, após o rebote do goleiro Rodrigo Ramos. No final do primeiro tempo, aos 44, o perigoso atacante Rony perdeu a chance de deixar o Sampaio Corrêa em vantagem na ida para o vestiário.



No segundo tempo, o panorama da partida não mudou. O São Raimundo com a iniciativa da partida e o Sampaio Corrêa explorando o contra-ataque. Mas, aos 25, Robson Simplício fez o que quis com a defesa santarena e rolou a bola para o atacante Edgar empurrar para dentro do gol, 2 a 1 para o time maranhense. Depois do gol sofrido, o Pantera pressionou o Bolívia maranhense até o final, mas não conseguiu empatar.


Após a partida, o técnico Flavio Goiano atribuiu a derrota à falta de atenção do sistema defensivo de sua equipe. “Sabíamos que eles tinham jogadores rápidos e fomos desatentos, por isso perdemos hoje”, disse o treinador. “O mérito foi todo dos jogadores. Sabemos das nossas limitações, mas o grupo foi consciente e soube jogar”, declarou o técnico José Teixeira, do Sampaio Corrêa.  (Diário do Pará)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seduc apresenta calendário escolar 2018

Escola tecnológica de Santarém realiza Feira Científica

Titular da Seop em Santarém