Sintepp: Greve de professores confirmada para outubro.

[caption id="attachment_8556" align="aligncenter" width="399" caption="A categoria protestou contra a proposta em frente a Estação das Docas"][/caption]

A proposta de aumento de 30% menos do que o estabelecido pelo Superior Tribunal Federal (STF), não agradou os professores da rede pública estadual. A partir de 1º de outubro, a categoria vai cruzar os braços por tempo indeterminado, segundo informou o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado (Sintepp), após reunião com o governador Simão Jatene, na manhã desta quinta-feira (15), em Belém.


Logo que se encerrou o encontro, os trabalhadores realizaram um protesto contra a proposta apresentada pelo governador. A categoria não aceita o aumento apresentado pelo governo tucano. A decisão do STF prevê que cada professor deveria receber R$1.187, mas o governador ofereceu somente R$1.096, ou seja, 30% a menos do que estabeleceu a decisão do Supremo.


No próximo dia 21, a classe se reúne para traçar os rumos da paralisação, que alcançará todos os municípios do Estado.


Fonte: Quarto Poder


Veja Também: Subcomissão vai fiscalizar implantação do piso dos professores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeitura abre inscrições para o V Festival de Música do Tapajós

Escola tecnológica de Santarém realiza Feira Científica

Inscrições para curso de Libras encerram-se na sexta-feira, 10