Sintepp: Greve de professores confirmada para outubro.

[caption id="attachment_8556" align="aligncenter" width="399" caption="A categoria protestou contra a proposta em frente a Estação das Docas"][/caption]

A proposta de aumento de 30% menos do que o estabelecido pelo Superior Tribunal Federal (STF), não agradou os professores da rede pública estadual. A partir de 1º de outubro, a categoria vai cruzar os braços por tempo indeterminado, segundo informou o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado (Sintepp), após reunião com o governador Simão Jatene, na manhã desta quinta-feira (15), em Belém.


Logo que se encerrou o encontro, os trabalhadores realizaram um protesto contra a proposta apresentada pelo governador. A categoria não aceita o aumento apresentado pelo governo tucano. A decisão do STF prevê que cada professor deveria receber R$1.187, mas o governador ofereceu somente R$1.096, ou seja, 30% a menos do que estabeleceu a decisão do Supremo.


No próximo dia 21, a classe se reúne para traçar os rumos da paralisação, que alcançará todos os municípios do Estado.


Fonte: Quarto Poder


Veja Também: Subcomissão vai fiscalizar implantação do piso dos professores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seduc apresenta calendário escolar 2018

Escola tecnológica de Santarém realiza Feira Científica

Titular da Seop em Santarém